sexta-feira, 20 de novembro de 2015

FALAR É FÁCIL


Impressionante como as trocentas redes sociais, que existem hoje em dia, despertam nas pessoas um desejo louco de falar, comentar, gritar aos quatro cantos a sua opinião. Não importa se você tem domínio sobre o assunto, se conhece os envolvidos em determinado fato ou se a notícia discutida é verdadeira. A mão parece que coça pra postar "que absurdo", "bem feito", "#FicaADica". Daí pra uma discussão, uma briga, uma separação é um pulo.

Frequentemente, essa pressa em emitir uma opinião se mostra diretamente proporcional ao ímpeto de julgar e condenar o outro. Mas, será que os inúmeros internautas que vem criticando ultimamente a corrupção na política, já pararam para refletir, um minuto que seja, sobre a honestidade de suas atitudes cotidianas? Aqueles que defendem o linchamento de criminosos, já sequer imaginaram algum familiar agredido ou assassinado por quem se diz justiceiro? Quem posta em caixa alta sua indignação contra Deus e o mundo, faz alguma coisa pra mudar a situação, seja ela qual for?

Eu acho que não, pelo menos não a maioria. Afinal, falar é fácil. Bem mais fácil que pensar, se colocar no lugar do outro, agir. No discurso, todo mundo é honesto, sensível, generoso, pacífico. Em sua própria versão, a culpa é sempre do outro, assim como também cabe ao outro se desculpar, resolver o problema, afinal "eu sou a vítima da história".

A verdade é que não há mal em se manifestar, discordar, reclamar. Decisões, grandes mudanças, ideias surgem justamente de uma postura crítica, porém é necessário respeito e bom senso. O pior de tudo é perceber que tanta ira, tanta ignorância refletem um problema maior, que cabe somente a cada um resolver consigo mesmo. Afinal,  "a boca fala do que está cheio o coração".


Fonte da imagem: <https://br.pinterest.com>

2 comentários:

  1. Super amei seu post. É assim mesmo, todos falam mas ficam sentados em frente ao computador sendo hipócritas, na maioria das vezes pensando que ninguém faz nada pra mudar a situação. É como meu professor de política fala "se você quer que mude, você tem que ser a mudança. Senão não vale nem a pena abrir a boca para reclamar das situações rotineiras". Adorei mesmo o post. ♥

    https://tintoerose.blogspot.com.br

    ResponderExcluir